Plutão em Escorpião

From Wiki
Jump to: navigation, search

Plutão foi descoberto em 1930 e demora 246 anos a percorrer seu trajeto em volta do Sol. Apesar de ser muito pequeno, a influência que exerce é fora de proporção com as suas dimensões. Ele acarreta transformações totais. Fazendo emergir profundas questões psicológicas do fundo do inconsciente, tem uma função purgativa. Sua influência se concentra sobre o poder e o uso incorreto do poder, ou sobre sentimentos de alienação. Plutão tem uma órbita muito irregular e pode permanecer em cada um dos Signos desde quatorze anos (como agora, no século XX), até mais de trinta. Sua influência em um Signo é sentida mais a nível coletivo do que pessoal. A posição do Signo de Plutão mostra em que área da sociedade ocorrem as transformações totais, muitas vezes com conseqüências bastante catastróficas. Plutão erradica os desequilíbrios básicos, substituindo a corrupção por algo totalmente novo. Traz consigo um processo de morte e renascimento.

A posição da Casa de Plutão mostra em que área específica da sua vida você se concentra com excessiva intensidade e tem um impulso corrupto ou fanático para exercer total controle. Esta área mostra onde você experimentou um trauma e também que, em algum ponto de sua vida, terá lugar uma transformação total em cima desse trauma. Também nesta área se abrirão as portas do seu inconsciente.

Os aspectos formados por Plutão mostram os impulsos psicológicos mais intensos de sua personalidade. É nessas áreas da sua personalidade que você é mais magnético e dominador. Isso tem origem em uma necessidade inconsciente de controle, a qual provém, por sua vez, do medo profundo de ser impotente. Vão surgir crises e modificações nessas áreas. Sobre as casas astrológicas.

Plutão

Escorpião